A família agradece…

84d35516-809e-4803-8e63-d430af792cd0É hora de comer! Olha só que delícia de comida que preparei para vocês! Comam tudo!

Estes, como outros exemplos práticos que acontecem na dinâmica familiar, geralmente pela mulher, demostram padrões de pensamentos e comportamentos inquestionáveis e que afetam os demais que as cercam com comandos e ações, muitas vezes imperceptíveis, promovendo o ganho de peso de toda a família.

Dentre as orientações realizadas pelo Emagrecer Consciente, é dever lembrar que a mulher é a base dessa dinâmica, reconhecer seu “pensar gordo”, conscientizar-se de seus atos e assim, propor novas dinâmicas para o benefício familiar.

Mas, o que é “pensar gordo”?   

É repetir padrões de pensamento sem questioná-los como: comer a comida do prato até o final, pois é pecado jogar comida fora, é ter hora certa para comer, é agradar a família com sabores e guloseimas e esperar que não sobre nada.

Geralmente, no início das orientações as pacientes estão engordando e culpam a comida pelo ganho de peso…. Tal prática é comum pois não há a percepção de que seus hábitos (ações) e seus pensamentos (o que acredita ser correto) são os precursores desse aumento de peso.

Outros exemplos?!

– comer rápido, em pé, assistindo televisão ou discutindo à mesa

– pensar que somente quando sentir o estômago pesado é que deve parar de comer

– dizer que o intestino é preguiçoso por não ser regular, sendo sim, um sintoma de desequilíbrio cérebro/corpo.

O extraordinário vem a seguir, utilizando um exemplo de acompanhamento verídico:

Joana (nome fictício), está na terceira semana de orientação e tem um filho com 2 anos e meio. Quando iniciamos, comentei:

“Você aprenderá muito com seu filho e ele será poupado mediante a identificação que você terá de todas as circunstâncias rotineiras que engordam”.

No início, Joana, relatou que o filho começou a reclamar que ela colocava muita comida na colher! Então passou a respeitar a quantidade de ingestão do filho, passando a colocar menos comida.

Enquanto iniciava o treino de comer devagar, passando a empregar um novo ritmo, com o repouso da colher no momento da mastigação, seu filho até chegou a pensar que não seria mais servido pela mãe…

Hoje, Joana também percebe quando ele não está com fome “apesar do horário” e se tornou mais flexível por meio do filho e consigo mesma.

Salientar aspectos cotidianos que reproduzimos sem questionamento, é um dos intuitos do Emagrecer Consciente, sair do automático e “abrir os olhos”.

Emagrecer representa perceber os sinais do corpo (o corpo fala!) e ouvir nossos pensamentos viciados e até então, sem questionamento.

Se você pensa “vou comer algo agora” deve perguntar ao seu estômago “: estou com fome?

Não é mais pensar que devo comer, e sim sentir que precisa!

O Emagrecer Consciente é certificado pelo Conselho Federal de Psicologia para a realização de orientações psicológicas de maneira online (videoconferência), sendo possível a realização de encontros no conforto do seu lar, por um valor acessível.

Fale conosco: contato@emagrecerconsciente.com.br | www.emagrecerconsciente.com.br

Saiba como funciona a orientação online e suas vantagens na matéria Emagrecer “olho no olho” 

Leia também: Psicólogo para emagrecer? Tá doido? e A Importância da imagem corporal no emagrecimento.

Posted in:
Articles by
Published: